O dia que me viram anjo

by - 09:22


Olá, amadxs! Hoje venho contar sobre um acontecimento de um tempo atrás que me marcou profundamente e gostaria de compartilhar. Ainda no semestre passado, quando fui apresentar um seminário sobre a energia feminina, algo muito peculiar aconteceu. Pra quem não lembra, eu escrevi um post baseado nos estudos que fiz para este seminário aqui: post. Este foi um texto que repercutiu muito no blog e na minha vida. Ao me envolver e tonar consciente tanta coisa sobre o princípio feminino, mudei minha visão de mundo... Me peguei repensando tanta coisa enraizada. Quado apresentei o seminário, era como se eu já tivesse estudado aquilo desde sempre. As palavras fluíam e eu via no olhar das pessoas que algo estava sendo transformado. Uma das confirmações, foi justamente quando acabei a apresentação e três mulheres vieram me abraçar, agradecendo pelo conteúdo exposto e por eu ter falado sobre aquilo. Não é todo seminário que alguém vem mostrar tanto carinho assim né? Pelo menos nunca tinha acontecido comigo antes. Voltei pra casa pisando em nuvens, sentindo que tinha feito e realizado o que precisava naquele momento. Mas, como se não bastasse... O Universo é cheio de pegar a gente de surpresa. A @gabiscafuto, uma amiga da faculdade que já comentei neste post, veio falar comigo nesse dia. Na época, a gente estava começando a nossa amizade. Ela contou que depois que saiu do seminário e entrou em seu carro, de repente foi tomada por uma visão. Ela me viu novamente apresentando seminário, mas dessa vez eu estava flutuando, envolta em muita luz e brilho, e esta visão foi tão forte que a tomou de emoção e o choro veio transbordando energia. Em meio a lágrimas e aos tremores de energia que a percorriam, teve a ideia de criar um poema para mim.




As lestras tremidas e o sentimento intenso que esse poema traz confirmam a experiência que ela teve. Gabi me mandou seu texto e me contou do que tinha visto com a certeza de que sim, ela me viu anjo. E ela não teria medo de sair por aí confirmando de que sim, ela me sentiu anjo. O mais interessante foi que no meio disso tudo, ela teve uma intuição de que talvez eu pudesse ser filha de um anjo. Além disso, ela nunca tinha lido ou sabido das minhas histórias que envolvem anjos e já contei aqui nesse post
Sobre a minha amizade com essa mulher tão especial eu também gostaria de contar, pois foi um dos maiores presentes que 2017 me trouxe. 
A gente sempre estudou na mesma sala de faculdade, mas cada uma sentava de um lado oposto e em 4 anos a gente mal tinha trocado algumas palavras. No último ano, caímos na mesma supervisão de estágio e então pude conhecer um pouco mais sobre ela. Sempre muita espontânea e guiada por seus sentimentos. Admiro gente que sente e não tem medo de sentir.
Mas foi em um dia aleatório, conversando na frente do estacionamento, que acabamos entrando no assunto "Deus" e eu disse que um dos nomes Dele é EU SOU. Diz Gabi que foi à partir daí que nossa amizade realmente começou, porque eu mostrei pra ela essa face de Deus que é nossa essência. Eu não sei bem explicar como começou, mas só sei que pensava "eu quero ser amiga dessa menina". Eu me sentia conectada com ela de alguma forma e sentia que nós teríamos muito a viver juntas. Pois é... A amizade aconteceu desse jeito mágico e espiritual, ela me vendo anjo, eu falando de Deus, até que aconteceu a nossa viagem para o Peru! Contarei tudinho pra vocês dessa viagem incrível! E a vida é bem louca, né hahah Ano que vem vou morar com essa mulher maravilhosa. 
Eu acredito muito que existem várias almas gêmeas nossas por aí, não no sentido romântico, mas no sentido de almas que se conectam num nível muito profundo e parece que já fazem anos, vidas, éons que se conhecem. A maioria das minhas amizades são assim. Uma conexão que me faz sentir em casa, família, abrigo, aconchego. Quando é pra ser, é. O simples fato de você saber que aquela pessoa existe já te aquece o coração. 
Não dá pra explicar em palavras tudo que em tão pouco tempo já vivi com a Gabi. A gente sabe. Mas creio que juntas temos um propósito muito grande sobre o resgate do feminino sagrado. Foi ali, naquele seminário, que ela me viu anjo. Ela sabe que não é sempre que estou anjo, mas quando estou, ela sempre sabe hahaha E eu sei que ela é uma alma velha, muuuito velha, que já viveu muita coisa e no peito carrega sabedoria e compaixão por cada serzinho desse universo vasto. A gente se ensina e se aprende. 
O Todo sabe o que faz. Coloca as pessoas certas nos momentos certos em nossa vida. Nos descobrimos juntas filhas de Pachamama. Ela me encoraja a ser quem eu sou, parece que ela vê minha essência e como uma avó orgulhosa me vê espantada com tudo de maravilhoso que é possível acontecer, como se ela já soubesse que seria assim. Ela me mostrou que às vezes é bom falar em primeira pessoa do singular. Ela leonina, eu aquariana. O individual e o coletivo. Nós. Complementação. Agradeço de todo meu coração por esse presente e sei que muitos projetos em conjunto virão. Ela professora de yoga, eu guia de meditação... Já pensou? 2018 que nos aguarde!!





Gabi,

Você acabou de me dizer que está de TPM e eu sei que você fica toda carentinha e "egóica" nessa fase hahah Depois de tudo que escrevi aqui, queria que você fechasse os olhos por alguns segundos e visse a gente se abraçando daquele jeitinho que a gente faz. Eu te amo muito, muito mesmo. Mesmo que eu não diga tanto, ou mesmo que minha expressão facial não mostre isso hahahah Nunca duvide disso. E se duvidar, te coloco no meu colo e te faço um carinho pra você se lembrar que estou aqui e vou estar. Minha leãozinho, minha porta-voz, minha profetiza! Obrigada por existir. Obrigada por vibrar tanto amor e energia de luz. Obrigada por ser quem você é.
Até daqui uns dias na nossa casinha nova!

Evy.

You May Also Like

0 comentários