As 11 sementes

by - 21:08


Como disse no post das 11 mortes, o projeto do @luzdaconsciencia consistia também em plantar sementes que floresceriam nessa primavera. Cada uma delas foi pensada para ser o oposto de cada morte. Todas representam questões essenciais do nosso ser e que com certeza renderá bons e amorosos frutos no futuro. Compartilho com vocês as 11 sementes:
Que nós possamos aceitar as coisas como elas são, os fatos como eles são, as pessoas como elas são, a nossa história como ela é, o nosso corpo como ele é e a nossa essência por tudo que ela é, foi e sempre será. Que nós possamos assimilar o sentimento de aceitação pelas adversidades que nos são apresentadas, pois elas são puro aprendizado. Que nós possamos aceitar a singularidade de cada um e a unidade de tudo que somos. Que nós possamos entender e sentir que viemos de uma Fonte de Luz e Amor e é isso que nós somos por essência, e que nós possamos aceitar toda a nossa força, nossa potência, nossa vitalidade, nosso entusiasmo e nosso brilho. Que nós possamos aceitar a família que viemos. Que nós possamos aceitar e transformar o que pode ser transformado. Que nós possamos aceitar as nossas bençãos e a nossa felicidade sem culpa ou medo. Que nós possamos aceitar nosso passado, nossos defeitos e nossa sombra. Que nós possamos aceitar que somos mestres de nós mesmos e não precisamos de ninguém para intermediar nosso relacionamento com o divino. Que nós possamos aceitar a nossa liberdade de escolha. Que nós possamos aceitar nossa realidade, sem ilusões nem distorções. Que nós possamos aceitar nossos templos, nossas marcas e cicatrizes, nosso jeito, nosso gosto, nosso estilo. Que nós possamos nos aceitar. E aceitar o amor! Você aceita Deus na sua vida?


Uma nova ideia de compartilhamento pode ser trazida à luz da consciência. Diferentemente do individualismo ou da competição, o compartilhamento age no coletivo para uni-lo. Estamos acostumados com o conceito de compartilhar conteúdo em redes sociais, compartilhar nosso ego numa busca de aprovação alheia ou confirmação da figura que se imagina de si mesmo. Mas o verdadeiro compartilhamento vem do amor e da unidade. Todos somos um e estamos conectados. Mesmo que não saibamos, quando o Outro adoece, nós adoecemos também. Quando a Terra, que tanto sofreu com sua exploração, é destruída, nós somos explorados e destruídos também. Da mesma forma, quando nós nos curamos, nós curamos aos outros e a Terra também. Isso é compartilhar. Quando não há egoísmo, há altruísmo. Quando o Outro não tem nada, nós podemos dividir. E quanto mais nos descobrirmos amor e luz, mas poderemos compartilhar e espalhar isso externamente. Não existe separação. Somos o Todo e o Todo habita em nós. Compartilhe o que há de melhor em ti! Compartilhe seus sonhos, suas experiências, sua comida, seus amigos, suas risadas, seu carinho, sua compaixão, seu perdão, sua criatividade, sua dança, seu canto, sua voz, seu brilho, seu amor, sua coragem, sua força e sua inspiração. Compartilhe seu ser!


Talvez, para experimentarmos a plena sensação de liberdade, primeiro tenhamos que passar por um processo de libertação. Nos libertarmos dos condicionamentos do ego, da ilusão de controle e nos entregar! Quando você se entrega à presença do Eu Sou, você se liberta! Você se sente livre pra ser o que é e recebe a energia necessária para cumprir o teu propósito. Não existe melhor sensação no mundo do que se entregar ao puro amor, se sentir transbordar pelo o que há de mais lindo no universo, se deixar preencher e finalmente se sentir completo. Quem já experienciou, sabe e sente saudade. Quem ainda não viveu essa entrega, pode ter certeza que a sua sensação de vazio ou a falta de sentido de vida que lhe ronda são indicadores de que sua alma está sedenta pelo "algo a mais" "algo além". E basta você estar disponível, estar aberto, que essa energia essencial criadora do Todo te inunda e te relembra que sempre fez morada no seu coração, resgatando suas asas de plena liberdade. Nós somos livres! Semeie a sua libertação 


Ser autêntico é ser fiel ao seu ser, à sua essência. Ser autêntico é ser verdadeiro consigo mesmo. É dar ouvidos ao seu coração e assumir quem você é. Isso não é fácil. Somos julgados o tempo todo pelas nossas singularidades e estranhezas. Mas sabe de uma coisa? Está tudo bem. Cada criatura é estranha por ser única e isso é lindo! Mostra como o Universo foi criativo... mas ao invés disso, vivemos numa sociedade que quer te colocar em padrões, que quer que você se encaixe num conceito de normalidade e alguém por favor me explica o que é ser normal? Você precisa agir de tal jeito, vestir tal roupa, ter x quilos, viver de tal maneira... SERÁ MESMO? Ou será que estamos aqui para experienciar uma vida singular e exaltar exatamente o que todos tentam excluir: o que há de original em cada um de nós! Somos humanos e temos o direito de nos expressarmos como tal. Outra coisa, dentro da Autenticidade não existe espaço para a falsidade. Assuma suas emoções! Se sentir raiva, sinta raiva. Se quiser chorar, chore! Se der vontade de rir, ria à vontade! Suas emoções são autênticas e não devem ser reprimidas! Mais uma vez repito: somos humanos! Chega de máscaras! Assuma quem você é, e lhe garanto que por mais que muitas vezes isso pode ser um motivo para que te chamem de louco, antes louco do que de mentira. Assim, quanto mais assumimos nossa essência, mais atraímos pessoas que nos respeitam e aceitam como somos, não há porque fingir. Simplesmente ser. Deixa florir o que há de mais lindo em você: você mesmo!


Fiquei pensando que talvez o oposto da morte da negatividade não fosse semear positividade. A morte da negatividade acontece quando você se torna observador da sua mente, reconhece aquela emoção (alegria, raiva, tristeza, etc) mas não a deixa tomar conta de você, ou seja, você não se identifica naquela emoção, você a sente e compreende que é um estado passageiro e depois a deixa ir embora. No caso das pessoas negativas, elas se prendem nessas emoções de frustração, culpa, rancor, insatisfação, etc, e se identificam com elas o tempo todo. Ela as toma para si e se acha aquilo. Você é mais do que suas emoções. E existem muitas outras coisas nas quais vale muito mais a pena você focar sua energia. Não dirija toda a sua atenção para aquilo que está ruim, isso te suga. Sempre há algo a ser agradecido no seu dia, eu tenho certeza. Quanto mais focamos nas bençãos, mais as atraímos! Semeie gratidão no seu coração e colherás frutos de amor! Cultive seu jardim interno com o que te eleva! Agradeça pela sua vida, pelo seu corpo e por essa oportunidade de experienciar o que é ser humano. Agradeça pela sua família, pelos seus amigos, pela sua casa, pelo seu alimento e por tudo que você tem para viver. Agradeça pelos livramentos, pela proteção, pela ajuda que Deus e todos nossos guias nos dão e estão disponíveis a todo instante. Agradeça por existir, por respirar e por amar! Agradeça pelas dificuldades, pelos erros e acertos que te fizeram evoluir. Agradeça pela sua história, pelo seu potencial e pela tua liberdade de ser. Agradeça aqui, agora. Agradeça sempre e sempre terá motivos para agradecer 


CriAÇÃO, CorACÃO, ImaginAÇÃO, RespirAÇÃO, AceitAÇÃO, MeditAÇÃO. Não dá mais pra deixar pra depois. Só temos o agora. Faça aqui agora. Semeie em suas ações o que você colherá! E só podemos semear aquilo que temos dentro de nós. Aja com o coração. Escute sua intuição. Não dá mais pra esperar que os outros façam... os Outros é você mesmo. O mundo precisa e clama por gente que coloque seus sonhos de melhoria em prática. Já tivemos tempo para idealizar, mas é necessário aterrar todas as suas ideias. Não deixe para amanhã o que pode ser feito hoje, não se boicote mais, não se limite mais. Nós somos seres imagem e semelhança da energia que criou tudo, então podemos criar e somos livres para agir. A crença de que nossas ações são insignificantes e que "ah, mas se eu fizer nem vai dar certo" SÃO ILUSÕES! Toda e qualquer ação tem uma reação, tem um impacto e tem sim sua importância. Por mais pequeno que seja seu gesto, ele pode mudar o dia de alguém, ele pode deixar o mundo mais bonito. Faça também não só pelos outros, mas faça por você! Faça o que te faz bem! Desapegue de querer fazer o que te causa sofrimento, de estar com pessoas que te machucam, de achar que você é miserável. E Aja! Mesmo que sua ação seja apenas sentar e respirar. Mesmo que sua ação seja tomar aquele copo de água ao invés de um refrigerante. Mesmo que seja trocar o canal de notícia de tragédia por algo que te traga paz. Toda ação tem uma carga energética! Atentem-se a qual intenção vocês estão agindo, estejam conscientes e tudo o que fizer pode levar uma dose do seu amor. Se estava esperando um sinal para fazer aquilo que está a tanto tempo postergando: AJA AQUI AGORA! Precisamos de agentes de mudança, agentes da luz!


Tem tanta coisa que faz a gente se prender no sofrimento cotidiano, e tantas vezes a gente deixa de perceber o que é bom. A felicidade vai parecendo cada vez mais utópica... mas será que a felicidade é algo a ser alcançado? A felicidade não é um lugar ou algo que você tem e nunca mais vai te largar. Mas a satisfação que você encontra em você mesmo e na vida, te traz felicidade num estalar de dedos. Talvez estejamos tão preocupados com nossas insatisfações que toda a nossa energia é direcionada a elas. Chegou a hora de despertar e encarar as coisas com uma nova postura. Não damos valor ao que já temos, porque ficamos na crença de que sempre algo está faltando. Olhe para o que já tem, agradeça e se satisfaça... quando o melhor tiver que vir, ele virá, mas o melhor mesmo é o que você tem agora. Olhe para o espelho e procure o que te satisfaz, faça o que te satisfaz, o que te faz bem, o que te acalma, se mime, se agrade, se permita tocar-se, sentir-se, amar-se... se satisfaça com o corpo que você tem agora, ele é o veículo, ele é o templo, ele é sagrado. Não existe outro você nesse mundo, se satisfaça com a sua singularidade, a sua particularidade e o seu jeito de ser. Se satisfaça ao olhar para dentro e perceber que tu és luz e que o amor do Todo que bombeia seu sangue e te faz ter uma vida, é infinito! Se satisfaça com essa energia maravilhosa que te transborda e faz iluminar o que estava escuro. Se satisfaça com as pequenas coisas, as belezas escondidas, a comida que te nutre, a água que te limpa. Faça as coisas conscientemente, mesmo que seja um banho, uma caminhada, uma refeição e direcione sua energia para aquilo se satisfazendo com suas ações. Procure satisfação e permitirá que a felicidade seja algo disponível e simples.


Vamos começar a assumir o que atraímos? Vamos começar a nos desprender dos dramas que nós mesmos criamos? Vamos nos atentar ao que estamos vibrando? Autorresponsabilidade pode ser visto como um fardo para alguns, mas te digo que não é um peso, pelo contrário, é libertador. O que é um peso é ficar se vitimizando e perpetuar um estado de sofrimento. Quando puxamos a responsabilidade para nós mesmos, somos capazes de nos transformamos. Nós criamos a nossa realidade! Se a sua realidade não é algo que te satisfaz, você é quem precisa mudar para refletir no externo o que tem por dentro. Não adianta jogar a responsabilidade para os outros e ficar esperando dos outros que eles façam o que você quer. Faça você! Faça por você! Mergulhe-se para resgatar o mestre que existe em ti. Você é o mestre da própria vida quando se conecta com o seu Cristo interno, seu Eu Superior, sua essência de luz, a Fonte de Amor. Se não sabe o que fazer, peça por orientação. Seja humilde, abra seu coração para receber a energia do universo e ela te guiará. Assuma o que faz, o que sente, o que imagina, o que fala, e se errar, pois todos nós estamos sujeitos ao erro, não sinta vergonha de pedir perdão. É muito mais digno!


Quem é você? Quem é você além do que você acha que é você? Quem é você além da imagem que você quer passar para os outros? Quem é você na sua própria história? Você é vítima ou protagonista? Quem é você em suas feridas? Ninguém ensina a gente a olhar para dentro. Nós aprendemos a depender de respostas externas. Nos deram um nome e moldaram a gente para a sociedade. Mas qual a sua essência? Quais seus anseios? Desejos? Amores? Autoconhecimento é a chave que mudará o mundo! Sabe por que? Porque o autoconhecimento leva ao amor próprio, e amor próprio não é separado, ele é o amor Uno. Ame o próximo como a ti mesmo! Autoconhecimento é o mergulhar dentro de suas águas profundas, revelando e resgatando o seu verdadeiro eu. O processo é contínuo e por muitas vezes difícil... você se depara com todos os seus demônios, traumas e marcas, para que você os traga para a luz da consciência e se liberte dessa força que até então era inconsciente e dirigia sua vida sem ao menos você saber. E nisso vocês vão vendo que o perdão e a aceitação são as energias capazes de transformar o passado. Nós vamos até nossas raízes e para além delas... Nesse processo também, você encara sua criança interior para que ela ao invés de ser esquecida, seja integrada. Além de tudo isso, quanto mais nos conhecemos, mais percebemos que somos Luz e Amor e que dentro de nós existe um universo inteiro a ser desbravado. Existe uma Fonte de Amor inesgotável dentro de ti que te transborda e reflete no mundo. Quanto mais evoluímos na nossa jornada, mas destituídos do ego ficamos. O amor não separa, ele une. Nós nos reconhecemos parte do Todo e conectados com tudo que existe! Que nós possamos respeitar nosso momento, ter paciência com nosso processo e conseguir experimentar esse amor maravilhoso! Se conheça e conhecerá à Deus dentro de ti! Deus como Unidade, Deus como puro amor, Deus como nosso feminino e masculino em perfeito equilíbrio! Deus como consciência. Autoconhecimento é se fazer regar e se permitir crescer.


Comece a pensar no que gosta em você. Comece a identificar suas qualidades e deixar de apontar tanto os seus defeitos. Comece a curtir a sua própria companhia. Comece a se olhar com mais amor, com mais respeito, com mais compaixão. Comece a esperar menos que os outros façam por você, e faça por você o que espera dos outros. Comece a aceitar elogios! Comece a acreditar quando alguém te diz algo bom sobre você. Seja um remédio e não um veneno para você mesmo. Limpe sua mente das próprias limitações que você cria. Você pode! Você consegue! Você tem capacidade! Você é amado! Você é lindo! Você é único! Se faça um agrado. Se presenteie. Faça aquilo que te move, que te enche de entusiasmo. Ame sua essência e assuma a sua luz pro mundo! Foda-se o que a sociedade impõe como padrão! Seja você. Inspire os outros a serem eles mesmos. Autoestima hoje em dia é um ato de coragem!


O amor é a força que move o universo. É a energia pela qual o Criador criou tudo o que há. O amor é a cura para as nossas feridas. O amor é a vibração mais alta que existe. O amor nos eleva, nos restaura e nos transborda. O amor não é dor. Onde há amor, não há medo. O amor puro é incondicional. Ele simplesmente é. O amor é casa, é lar e conforto. O amor pulsa a cada batimento, a cada inspiração, a cada novo dia. O amor é quente e quebranta nossos corações. O amor é infinito. O amor comunica. E é por essa semente de amor que nós podemos ser completamente transformados. O amor une a tudo o que há. O amor compreende, acolhe e te abraça. O amor é o que está em falta para aqueles que ainda não despertaram em consciência, que ainda vivem na crença da falta, da violência, da competição, do narcisismo, do medo. O amor é o remédio para nossa humanidade sem unidade. Só pelo amor podemos vencer. O amor não separa, ele integra. O amor não julga, ele é misericordioso. O amor sempre está disponível, ele nunca fugirá daqueles que se abrirem para senti-lo. Que nessa ultima semente do projeto, nós possamos regar e cuidar do nosso jardim interno e fazer florescer o que há de mais maravilhoso. Descubra o amor em você por você e descobrirá que isso refletirá no amor ao próximo pois você e o Outro são um. Somos um! Nossa essência é amor, nós apenas havíamos esquecido disso. E o amor é essencial. 
Eu te amo, eu te amo, eu te amo!
Vibre amor ❤️ seja amor!




You May Also Like

0 comentários